segunda-feira, agosto 24, 2009

Tanto tempo...


E você já está aqui faz tanto tempo. Na verdade você sempre esteve, as vezes parece que vai sempre estar. E é tão estranho, e dói tanto pensar que um dia vai ser diferente. Como seria acordar, e não encontrar com você? E no café, não ouvir a sua voz? Como seria não ter que se despedir antes de ir para o trabalho? Como seria não descutir com você? Não brigar por uma porta fechada, por uma janela aberta? Como seria se eu tivesse que existir sem você? É tão estranho. Dói tanto pensar. Deus me faria um favor tão grande se me levasse primeiro. Assim nunca saberia como seria não viver com você. Afinal, você está aqui faz tanto tempo...

Clarice Lispector

sexta-feira, agosto 21, 2009

Não tem fim...

O que seria, da nossa vida sem eles, os amigos?
Impossível imaginar...
A distância realmente atrapalha... Mas ao mesmo tempo, faz com que a amizade fique cada vez mais forte e duradoura... Se isso não acontecer, não chegou a ser uma amizade verdadeira...
Posso dizer que tive sorte com meus amigos... Claro, que a maioria, foram só amigos "pras horas boas" e nada mais... Mas mesmo assim, se não fossem eles, eu não teria me divertido tanto...
Mas teve aqueles, que foram minha família, quando todos me abandonaram e me deixaram de lado. Considero muito amigos assim...
Mas chegou a hora de ir embora e deixar-los pra trás. Vai doer, machucar e sufocar por dentro. Querendo ou não, chegou a hora de seguir em frente.
Nada de drama, mas, eles farão muita falta pra mim. Eles foram aquela luzinha gostosa no fim do túnel quando nada parecia ter saída, foram a família que me permitiram escolher.
Dedico este post à vocês, meus amigos fiéis: Bia, Nadi, Bruna, Roger, Jardel, Patrick, Jana, Maga, Cris, Carol, Thais, Jú... Vocês fizeram com que minha vida ficasse mais colorida, mais feliz, agradecerei sempre!

quarta-feira, agosto 19, 2009

A mentira perfeita...

video

"...Está esperando por você..."

A pessoa perfeita existe?


"Encontre um homem que te chame de linda em vez de gostosa.


Que te ligue de volta quando você desligar na cara dele.


Que deite embaixo das estrelas e escute as batidas do seu coração, ou que permaneça acordado só para observar você dormindo.


Espere pelo homem que te beije na testa.


Que queira te mostrar para todo mundo mesmo quando você está suando.


Um homem que segure sua mão na frente dos amigos dele.


Que te ache a mulher mais bonita do mundo mesmo quando você está sem nenhuma maquiagem.


E que insiste em te segurar pela cintura.


Aquele que te lembra constantemente o quanto ele se preocupa com você e o quanto sortudo ele é por estar ao seu lado.


Espere por aquele que esperará por você...


Aquele que vire para os amigos e diga "É ela!""




Se perguntar para qualquer garota; jovem ou mais velha, ela dirá que o homem descrito acima é o "cara perfeito".
Mas a questão é, ele realmeten existe?
Existe uma pessoa perfeita?
Ah, ok. Muitas diriam que é o Edward Cullen. Mas, ele é um personagem fictício... Dessa forma, voltamos ao começo...
E se procurarmos, aqui, no mundo real, o homem perfeito, com tudo que toda mulher quer: beleza, inteligência, simpatia, bom humor, etc... será que encontraremos alguém assim?
Tá, agora você deve estar pensando, "ah, claro. Todo mundo diz isso, mas como realmente vou saber quem é o certo?"
Pois é, esse é o problema. Não sabemos...
Mas, penso eu, a maneira mais certa de sabermos quem é a pessoa destinada pra nós, é quando o coração acelera só pelo fato de pensarmos na pessoa, o famoso "friozinho na barriga", e o mais importante: você consegue, sem pretensão alguma, imaginar um futuro com aquela pessoa...
então, é bom rever essa questão do Edward. Será que ele realmente é o cara perfeito PRA VOCÊ?


"Espere por aquele que esperará por você..."






A calçada...


Todo dia, no mesmo bairro, independente do horário ou do tempo que fazia; chuva ou sol, eu caminhava sob aquela calçada.
Aquela que me conhece melhor que ninguém.
Que me entende, e me escuta quando todos me ignoram.
Tenho certeza, de que ela também não tem amigos, assim como eu. Por esse motivo nos entendemos tão bem...
Me chamam de louca, por conversar com o chão. Mas não me importo mais com isso. Afinal, se eu não desabafar com ela, com quem vou?
Lembro-me da primeira vez que a vi e conversei com ela.
Pra ser sincera, sempre gostei de observá-la. Não sei ao certo o motivo. Talvez seja por guardar tantos segredos...
Alguma coisa dentro de mim, diz que logo passarei por ela, mas não será da mesma maneira...
Ou talvez eu esteja delirando, vejo coisas fora do comum... Mas claro, eu sei que um dia todos passaremos pela minha calçada...
Talvez minha hora esteja mais próxima do que imagino...

terça-feira, agosto 18, 2009

Never...


"Os ventos que as vezes tiram algo que amamos

São os mesmos que nos trazem algo que aprendemos a amar

Por isso não devemos chorar pelo que nos foi tirado

E sim aprender a amar o que nos foi dado

Pois tudo aquilo que é realmente nosso

Nunca se vai para sempre..."

Acabou!


A sua vida era como um caderno e eu era a primeira folha dele; você olhava aquela folha e tinha certeza de que ela estaria sempre lá; com o passar do tempo você enjoou daquela folha e resolveu joga-la fora; mas sempre que você abria o caderno tinha algo que fazia falta; era a folha, ou seja, eu; você estava tão acostumado a vê-la que nem percebeu quando ela foi para o lixo; por mais que você tente recupera-la ela sempre terá marcas do dia em que você a arrancou!
Por isso aqui vai um conselho meu para todos vocês que sofrem desse mal:
Amem sem culpa, mas se isso acontecer, que esse amor seja puro e sincero, não com segundas intenções!

Quem já não passou por uma desilusão dessas?
Mas ainda bem que a vida dá voltas, e em uma delas, me afastei disso tudo. Agora são somente lembranças...

Pensamentos confusos...


Porque você mudou de uma hora pra outra?
Todo mundo erra de vez em quando...
Você não pode sempre lembrar-me que errei...
Errar é humano, e é com os erros que aprendemos a viver a vida...
Pergunto-te mais uma vez, porque você mudou?
Já aprendi a lição, isso me mata a cada dia que passa...
Quantas vezes chorei escondida, sem nem mesmo saber o porque...
Você não pode me obrigar a ser uma pessoa que não sou, isso é um crime contra a existência!
Onde escondestes o perdão?
A misericórdia?
A absolvição?
Se eu pudesse voltar no tempo eu voltava, mas infelizmente não posso corrigir meus erros, a única coisa que posso fazer é aprender com eles, e isso eu estou fazendo...
Fui ingênua, sei que não mereço teu amor, mas, por favor, perdoe-me!
Juro não cometer os mesmos erros de novo...
Nunca mais...
Você me abandonou ao invés de me ajudar a corrigir o que fiz de errado...
Sei que te magoei, mas você acha que isso também não me dói?
Me dói quando você não tem confiança em mim...
O que tenho vontade de fazer é correr, te abraçar e dizer: “Pai eu te amo”
Mas sei que não serei mais bem vinda no teu coração...
Não fui só eu que errei, sua consciência também errou em não me perdoar e colocar uma pedra nesse assunto...
Agora, eu tenho noção do que é dor...
Por favor, fale-me antes que eu coloque um fim em minha vida:
PORQUE MUDASTES?

Apresentação ou confissão (?)


Sabe, tem vezes que a vida da gente fica de cabeça pra baixo, um caos, onde nada dá certo... Pois é, e quando isso acontece, o que mais queremos é sumir, pra bem longe, em um lugar onde nenhum problema pode nos alcançar... as vezes fico pensando, se esse lugar realmente existe... E se existir, não sei se quero ir pra lá, pq se eu afastar meus problemas, se ignorar eles, não vou aprender com os erros na esperança de acertar, e desse jeito, a imaturidade tomará conta de mim... Terei medo, insegurança, e o pior: serei apenas mais uma no meio da multidão; sem sonhos sem objetivos...

Ahm, oi gente. Esse é meu primeiro post, meio melancólico eu sei, mas esse blog foi feito, para mim poder expressar meu sentimentos...
E é como a Anne disse: "O papel tem mais paciência que as pessoas"